Em abril, Camargo comandou a Seleção da LBF contra as argentinas no Jogo das Estrelas (João Pires/LBF)

Após comandar Blumenau até as semifinais da LBF CAIXA, na melhor campanha de sua história, João Camargo terá um novo desafio pela frente. Nesta sexta-feira (8), o treinador foi oficializado pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB) como novo auxiliar técnico de Carlos Lima, integrando a comissão que comandará o próximo desafio da Seleção Feminina – o Campeonato Sul-Americano, com datas e local a serem confirmados.

“Estou muito feliz com essa convocação e poder fazer parte da comissão técnica da Seleção. Espero contribuir com o Carlinhos (Lima, técnico principal) e juntos fazermos um belo trabalho no Sul-Americano”, disse o novo auxiliar da Seleção.

Camargo, de 57 anos, está há 16 na equipe catarinense, e conquistou no período vários títulos estaduais e regionais. Na primeira participação de Blumenau na LBF CAIXA, em 2011/2012, levou a equipe até as quartas de final. Após o retorno ao torneio em 2015, Blumenau teve sua melhor campanha na competição neste ano: 4º colocado na fase de classificação, eliminou nas quartas o tradicional Santo André/Apaba e só parou nas semifinais para o futuro campeão Vera Cruz Campinas. Ele segue no comando da equipe, agora conciliando com a agenda da Seleção.

Em 2018, Camargo e o Blumenau fizeram história ao chegar às semifinais (Vitor Bett/Blumenau)

“O Camargo é um profissional experiente e competente. Realizou um excelente trabalho à frente da equipe de Blumenau na última LBF. Será muito bem vindo à comissão técnica da seleção Brasileira”, ratificou Carlos Lima, técnico da seleção brasileira.

Em votação realizada entre representantes dos clubes da LBF CAIXA, Camargo foi escolhido para comandar a Seleção da Liga no Desafio Internacional contra a Liga Argentina, em Santo André (SP). Também foi um dos três indicados ao premio de Melhor Treinador da temporada, vencido por Antonio Carlos Vendramini (Vera Cruz Campinas).

“Foi um ano de belos resultados. Fizemos uma campanha muito boa na LBF, com uma equipe jovem. Também fui coroado com a lembrança dos colegas para ser o treinador no Jogo das Estrelas. Isso me deixa muito feliz. A gente já vem trabalhando há algum tempo no sul do Brasil, mas é a primeira vez que eu posso servir a seleção”, declarou Camargo, que já havia representado o Brasil em competições universitárias em 2011 e 2013 e tem agora sua primeira convocação pela entidade máxima do basquete no país.

“Agradeço a todos que possibilitaram isso. Esse trabalho não é individual. Se fui lembrado, é porque muitas pessoas me ajudaram no processo”, finalizou.

A CAIXA, junto ao Governo Federal, é a patrocinadora oficial da Liga de Basquete Feminino, que organiza a LBF CAIXA. A competição tem a TV Gazeta como emissora oficial, a TV Globo, o SporTV e o globoesporte.com como parceiros de mídia oficiais, a bola oficial da Wilson e a AND1 como marca esportiva oficial.