Europa

UMA BRASILEIRA NO BASQUETE DO CHIPRE

Iniciada a temporada das ligas europeias, a surpresa ficou por conta da presença de uma brasileira no Chipre, ilha no Mar Mediterrânico com pouco mais de meio milhão de habitantes.

Trata-se da pivô Julia Torres Alves, que tem sido o maior destaque nesse início de temporada do clube AEL, maior vencedor da história do torneio cipriota.

Até o momento o clube tem 2 vitórias e 1 derrota no campeonato de oito clubes.

Na última rodada (no dia 11 de novembro), o AEL bateu o Anagennises por 54 a 70, com 22 pontos e 11 rebotes da brasileira.

Julia tem 1,90 e 25 anos e teve passagens pelas seleções de brasileiras de base. Em 2009 foi campeã sul-americana juvenil ao lado de algumas jogadoras com histórico na LBF, como: Damiris Dantas (hoje no basquete coreano), Cacá (ex-Blumenau), Aruzha (ex-Ituano e atualmente em Sorocaba), Jennifer Sirtoli (Catanduva) e Érika Leite (Santo André).

Julia se formou na Missouri Western State University e teve ainda uma temporada no Líbano em 2017.