Seleção

CANADÁ TRAZ BASE EXPERIENTE PARA A DISPUTA DA AMERICUP

Foto: Paulino Lamenha

A técnica Lisa Thomadis divulgou no último dia 08 de setembro o nome das dezesseis jogadoras convocadas para a disputa da AmeriCup 2019, que começa já no dia 21 desse mês, em San Juan (Porto Rico).

Do grupo que disputou os Jogos Pan-Americanos em Lima (Peru) no mês de agosto e que foi comandado pelo assistente Steve Baur, foram mantidas apenas quatro atletas: Ruth Hamblin, Jamie Scott, Samantha Hill e Shaina Pellington.

Entre as outras catorze escolhidas, oito fizeram parte da campanha da seleção canadense no Mundial 2018, ao lado de Hamblin e Scott.

São elas: Kia Nurse, Natalie Anchowa, Miranda Ayim, Bridget Carleton, Kim Gaucher, Miah-Marie Langlois, Shay Colley e Nayo Raincok.

Os outros quatro nomes são: a pivô Kayla Alexander, que tem trajetória na WNBA e já foi companheira de garrafão de Clarissa no francês Bourges, a jovem Laeticia Amihere (South Carolina/NCAA), tida como a “próxima estrela canadense”, a pivô Quinn Dornstauder, que atua na Espanha e mais uma jovem da NCAA: Aaliyah Edwards.

O grupo treina entre os dias 9 e 18 de setembro e estreia na AmeriCup no dia 22 contra o México pelo grupo A. Os outros adversários do grupo são: Cuba, Porto Rico e República Dominicana.

O Brasil está no grupo B e tem como adversários Colômbia, Argentina, Paraguai e Estados Unidos.

por Bert – Painel LBF

(10 de setembro de 2019)