Europa

DÉBORA ASSINA COM CLUBE DA SEGUNDA DIVISÃO ESPANHOLA

Foto: Unicaja

Armadora titular da seleção brasileira, Débora assinou em julho de 2020 um contrato com o clube sueco Lulea Basket para sua primeira experiência internacional.

O clube se interessou pela atleta a partir do que ela mostrou na temporada de seleções: capacidade de liderança e uma defesa agressiva que não poupava mesmo estrelas do quilate de Sue Bird.

Ao final do ano passado, mesmo que Débora viesse se destacando nesses fundamentos – era a quarta líder em assistências daLiga Sueca (média de 6.6 por jogo) e a sétima em recuperações (2.5), as partes optaram por encerrar o contrato. A média de pontos da brasileira era de 7.8 pontos por jogo.

O Lulea saiu ao mercado em busca de uma armadora mais ofensiva e se encontra em negociações com a americana Maggie Lucas, de de discreta passagem na WNBA e cuja última experiência foi no francês Landerneau Bretagne Basket (2018/9), com médias de 11.2 pontos e 1.3 assistências. Na temporada seguinte, a jogadora acertou com uma equipe chinesa, mas a disputa local foi interrompida pela pandemia de COVID-19.

Do lado de cá, Débora passou o final do ano com a família no Brasil e foi surpreendida por uma nova proposta que foi rapidamente aceita.

A brasileira assinou então com o Unicaja, da cidade de Málaga, um dos líderes da Segunda Divisão Espanhola.

Tradicional no basquete masculino, o clube é ainda iniciante no feminino, mas tem feito boa temporada. Com jogos atrasados, ocupa a terceira colocação do grupo B, com dez vitórias e duas derrotas.

Débora chega para assumir a vaga da americana Taja Cole, que fazia sua temporada de estreia no basquete profissional com médias de 10.4 pontos, 4.3 assistências e 1.2 recuperações e 25 minutos.

Taja, que compartilha com Débora o mesmo agente, preferiu retornar aos Estados Unidos ao fim do ano.

A maior estrela do Unicaja tem sido a pivô montenegrina Ana Pocek, com médias de 20.6 pontos e 11.4 rebotes por partida.

No mesmo grupo B está outra armadora da seleção brasileira, Alana Gonçalo, que tem feito temporada de destaque (médias de 13.9 pontos, 3.4 assistências e 2.3 recuperações em 33 minutos), apesar da fraca campanha de seu time – o décimo primeiro colocado Mellila, com quatro vitórias e dez derrotas.

por Bert – Painel LBF

(o8 de janeiro de 2021)