Universitário

KAMILA CARDOSO BRILHA NA TEMPORADA NA NCAA

Foto: Syracuse University

Na última quinta-feira (11 de fevereiro), um duelo entre duas universidades na NCAA chamou a atenção pela presença de duas joias brasileiras cercadas de expectativas e que cumprem suas primeiras temporadas na competição.

O confronto era entre a Syracuse University, da pivô Kamila Cardoso, e a Florida State University, da armadora Izabela Nicoletti.

A vitória foi da Florida, que fez 67-52. Nicoletti não atuou. Por sua vez, Kamila foi um dos destaques de Syracuse, com 14 pontos e 7 rebotes.

A pivô tem tido um destaque enorme desde o primeiro jogo da temporada. Com médias de 15.2 pontos e 8.6 rebotes, tem colhido fartos elogios. Registra o melhor aproveitamento de arremessos (60%) de sua conferência (a ACC) e tem a maior média de tocos (3,13). Mesmo entre os homens da NCAA nenhum ultrapassa a marca de três por jogo.

Nas últimas três semanas, a brasileira foi eleita a melhor caloura de forma consecutiva. O feito não acontecia desde 2012, quando a escolhida foi Elizabeth Williams (por Duke e hoje nome de destaque na WNBA).

A excelente temporada incluiu ainda a brasileira na disputa do título de melhor pivô da temporada, troféu concedido pelo Hall da Fama de Naismith e que tem o título de “Prêmio Lisa Leslie” para a posição de Kamila. Nas outras posições, as referências são Nancy Lieberman (armadora), Ann Meyers (ala-armadora), Cheryl Miller (ala) e Katrina McClain (ala-pivô).

A eleição para o Hoophall Awards acontece com votos pela internet, que podem ser acessados aqui!

Na conferência, Syracuse está na quarta colocação somando no total onze vitórias em dezesseis jogos.

A Florida State ocupa a quinta colocação da ACC, com sete vitórias em doze jogos. A equipe teve uma série de problemas relacionados à pandemia com cancelamentos de diversos jogos.

Foto: Florida State University

Nesse cenário desafiador, a armadora Izabela Nicoletti tenta um recomeço.

Após ser selecionada pela universidade, a jogadora enfrentou duas graves e consecutivas lesões de joelho que a fizeram perder duas temporadas.

Sua última atuação aconteceu no dia 04, quando não pontuou na vitória sobre North Carolina (51-61). A melhor performance em números se deu no segundo jogo da temporada, quando marcou 6 pontos na vitória sobre Virginia (69-51), ainda no dia 13 de dezembro.

por Bert – Painel LBF

(12 de fevereiro de 2021)

 





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO