Europa

LESÃO NA COXA INTERROMPE TEMPORADA DE NÁDIA NA EUROPA

Foto: FIBA Europe

Mais uma vez uma lesão física interrompe a carreira da pivô Nádia Colhado.

Na temporada 2018/2019, a brasileira já havia se sacrificado ao defender bravamente o Girona, campeão espanhol. Mas Nádia acabou saindo de cena antes do término da competição por conta de uma cirurgia na mão.

Ainda em recuperação, Nádia atuou nesse ano na LBF pelo vice-campeão Vera Cruz Campinas. Problemas físicos dessa vez aconteceram na coxa e retiraram a atleta da participação nos Jogos Pan-Americanos pela seleção brasileira.

Depois do Vera Cruz, Nádia foi para a França, onde defendia o Flammes Carolo na atual temporada.

Na semana passada uma tendinopatia na coxa a afastou das quadras. O caso não é cirúrgico, mas a expectativa é de que a brasileira precise de alguns meses para se recuperar. Em função disso, o clube francês já contratou uma substituta para a brasileira: a nigeriana Evelyn Akhator, que deixou o espanhol Avenida.

Até a saída de Nádia, o Carolo estava invicto no Grupo J da Eurocopa, com quatro vitórias. Na competição continental, a brasileira registrou em média 10,8 pontos e 13 rebotes em 21 minutos.

Na Liga Francesa, o clube era apenas o nono colocado, com uma vitória em seis jogos disputados. Nesse torneio, Nádia somava médias de 6,4 pontos e 4 rebotes em 12 minutos.

por Bert – Painel LBF

(03 de dezembro de 2019)