Europa

MAIS TRÊS BRASILEIRAS ESTREIAM EM CLUBES EUROPEUS

Foto: Lointek Gernika Bizkaia

Na Liga Espanhola, o Gernika conseguiu uma importante vitória (53-64) contra o seu rival direto, o Estudiantes. Nádia atuou por 13 minutos somando 7 pontos e 3 rebotes. Pelo Estudiantes, a argentina Melisa Gretter teve 5 pontos, 8 rebotes e 3 assistências em 36 minutos.

O Gernika segue na quarta colocação da tabela (15 vitórias, 8 derrotas) seguido de perto pelo Estudiantes (14 vitórias, 8 derrotas).

Pela Segunda Divisão, o Rosalia perdeu para o Tenerife (59-62). Letícia Soares teve 8 pontos e rebotes (26 minutos). O clube está na décima primeira posição do Grupo A (5 vitórias, 15 derrotas).

Foto: Unicaja

No grupo B houve a estreia da armadora Débora com a camisa do Unicaja contra o Fustecma Nou, de Izabella Sangalli. Os clubes já haviam se enfrentado no dia 08 de fevereiro em partida atrasada sem a participação das brasileiras, que não eram contratadas dos clubes na data original do confronto. Venceu o Fustecma (56-58).

No dia 12, com as duas em quadra, deu Unicaja (67-70). Débora somou 11 pontos, 3 assistências e 2 recuperações (33 minutos). Sangalli teve 9 pontos, 3 rebotes, 3 assistências e 2 recuperações (22 minutos).

O Unicaja ocupa a sétima posição, mas ainda tem quatro partidas atrasadas (11 vitórias, 4 derrotas). O Fustecma é décimo segundo (6 vitórias, 11 derrotas).

O Mellila venceu o Granada (69-60) e conquistou suas sexta vitória na competição em dezenove jogos. Alana teve 14 pontos, 4 rebotes, 4 assistências e 1 recuperação (26 minutos). O clube ocupa a nona colocação.

Na rodada da Liga Turca, derrota do Ízmit para o Cankaya (86-64). Clarissa teve 4 pontos, 4 rebotes e 3 assistências em 21 minutos. O clube ocupa a sétima posição na tabela, com dez vitórias e nove derrotas.

Na Bélgica, o Braine manteve a liderança invicta da Liga com uma fácil vitória sobre o Lummen (101-42), na qual Érika somou 12 pontos, 6 rebotes e 5 assistências em 23 minutos.

Na Bulgária, o Montana disputa a liga local e a Liga Adriática.

Na Liga Búlgara já começou uma segunda fase da competição, na qual o clube disputa um triangular com os outros dois melhores colocados na primeira fase. O clube disputou um jogo e venceu, mas sem a participação de Isabela Ramona, por limite de estrangeiras por partida nessa competição.

Na Liga Adriática, o clube venceu o bósnio Banovici (93-67) e a brasileira contribuiu com 10 pontos, 9 rebotes, 6 assistências e 3 recuperações (18 minutos). O Montana está na terceira colocação, com 6 vitórias e 3 derrotas.

Foto: Flumen Sancti Viti

Na Croácia, o Rijeka conseguiu sua primeira vitória na segunda fase da competição ao bater o Zagreb (59-50). Para o feito colaboraram Maíra Horford (16 pontos, 7 rebotes, 2 recuperações em 37 minutos) e a estreante pivô Bianca Silva, que somou 7 pontos, 11 rebotes e 2 assistências em 26 minutos. O clube está na quarta colocação do segundo grupo (1 vitória, 2 derrotas).

Por fim em Portugal, segue a boa fase do Quinta dos Lombos, que somou sua décima primeira vitória consecutiva na Liga. Foi conta o Barreiro (56-52), contando com 9 pontos, 11rebotes e 8 assistências de Raphaella Monteiro (em 35 minutos).

Foto: FPB

Pelo Barreiro, Aline Moura teve 17 pontos e 7 rebotes (37 minutos) e Jennifer Nonato, 10 pontos e 8 rebotes (28 minutos).

O Lombos é o líder da competição, com 13 vitórias e 3 derrotas.

O Barreiro está em sexto: 8 vitórias, 6 derrotas.

Foto: FPB

Com partidas atrasadas e desfalcado de Tatiane Pacheco (2 pontos em 6 segundos de atuação), o Vitória está na segunda colocação (11 vitórias e 3 derrotas) após derrotar o Galitos (56-64), com 12 pontos, 10 rebotes e 3 assistências de Bárbara.

No Galitos, Aruzha teve 2 pontos e 1 assistência em 21 minutos. O clube é o oitavo (4 vitórias e 12 derrotas).

O União Sportiva, de Gabriella Guimarães, tem a mesma campanha do Vitória e está em terceiro, em um empate de campanhas do qual ainda faz parte o Benfica, todos com dois jogos a menos que o líder Lombos.

Na rodada, o União bateu o Olivais (54-87), com 8 pontos, 8 rebotes e 5 recuperações de Gabriela.

No Olivais, a pivô Júlia Torres já não estava mais relacionada na equipe, sendo substituída pela brasileira Milena Santos (última aparição na LBF em 2018, pelo Ituano). A jogadora teve 2 pontos e 3 rebotes em 20 minutos.

O clube é nono colocado (4 vitórias e 11 derrotas).

A rodada teve ainda um acontecimento inusitado: o retorno à quadra do clube CAB Madeira que passou mais de três meses sem treinar ou jogar por restrições locais da Ilha da Madeira relacionadas à pandemia de COVID19. O clube venceu o CPN, time de pior campanha na Liga naquela que foi apenas a sua sexta partida na competição, um atraso de dez jogos em relação ao líder.

por Bert – Painel LBF

(15 de fevereiro de 2021)

 





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO