Seleção

PARAGUAI ESTREIA NOS JOGOS PAN-AMERICANOS APOSTANDO EM PAOLA FERRARI E À ESPERA DE UM REFORÇO GIGANTE

Depois da estreia contra o Canadá no dia 06 de agosto, a seleção brasileira feminina de basquete tem ainda como adversários na primeira fase dos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru) a seleção de Porto Rico (07 de agosto) e finalmente o Paraguai (08 de agosto).

Semifinais da competição acontecem no dia 09 e a luta pelas medalhas no dia 10.

O Paraguai busca confirmar em Lima a recente evolução demonstrada nas últimas competições continentais, que permitiu que o país disputasse o Pan pela primeira vez na história.

(Divulgação)

 

A base da equipe se mantém sem grandes alterações, tendo como principal destaque a ala Paola Ferrari, campeã da LBF por Americana (2014). Atualmente com 33 anos, Paola é grande arremessadora de três pontos e tem sólida carreira na Espanha, mas na temporada 2019/2020 defenderá o Nantes, em sua primeira experiência na Liga Francesa.

Até o último dia 10 as jogadoras paraguaias estavam envolvidas com a disputa do campeonato nacional local. Nessa data, o Sol de América se sagrou campeão. O time campeão contou com os reforços de Paola, cestinha da competição e da espanhola Gabriela Ocete, MVP do torneio.

A seleção paraguaia buscar resolver seus problemas de baixa estatura com a incorporação de uma jovem pivô: Andrea Aquino, 2,05 m e que atua na Oregon State University (EUA). Andrea costuma enterrar durante treinos. Questões médicas, no entanto, devem impedir que ela estreie no Pan.

No último confronto entre Brasil e Paraguai no Sul-Americano 2018, o Brasil venceu por 100 a 75.

por Bert – Painel LBF