Seleção

PORTO RICO PENSA NO BRASIL E NA INÉDITA CLASSIFICAÇÃO OLÍMPICA

Imagem: FIBA

Primeira adversária do Brasil na disputa do Pré-Olímpico de Bourges, no dia 06 de fevereiro de 2020, a seleção de Porto Rico também sabe da importância desse confronto e sonha com uma inédita classificação aos Jogos.

“Temos que estar focados e preparados. Precisamos ganhar um jogo. Ganhar do Brasil e classificar para as Olimpíadas” projetou o presidente da federação local em entrevista ao jornal El Vocero.

O planejamento das porto-riquenhas ainda não está totalmente definido e depende de acertos econômicos e de amistosos. Mas o dirigente planeja um acordo com as federações de Bélgica, França ou Espanha.

É improvável que o Brasil encontre uma seleção diferente daquela que derrotou na fase classificatória dos Jogos Pan Americanos em agosto (64-58) e na disputa do bronze da AmeriCup em setembro (95-66).

A Federação tenta conseguir a liberação das atletas Tayra Meléndez e India Pagan, ambas com compromissos no basquete universitário norte-americano.

Entre as selecionáveis, há duas em ação na Europa: Jennifer O’Neill (no polonês Artego) e Dayshalee Salamán, que se apresenta em janeiro ao sueco Lund.

por Bert – Painel LBF

(06 de janeiro de 2020)