Europa

SEIS BRASILEIRAS ENCERRAM SUAS PARTICIPAÇÕES NA TEMPORADA EUROPEIA

Nesse fim de março algumas brasileiras já estão encerrando suas temporadas na Europa.

Na Segunda Divisão Espanhola a temporada já terminou para todas.

Foto: Ituano Basquete (Nathane Agostini)

No grupo A após alcançar o objetivo de não ser rebaixado, o Rosalia já nem contou com sua principal jogadora, a brasileira Letícia Soares, na rodada final da fase de classificação. A pivô já retornou ao Brasil e  se apresentou ao Ituano Basquete. Letícia acumulou médias de 12 pontos e 6 rebotes na competição.

O treinador do Rosalia, Chiqui Barros, muito respeitado na Espanha, elogiou bastante a jogadora em entrevista ao jornal La Voz de Galícia. Disse que a pivô tem boa atitude, bons valores, mas também muito a trabalhar e melhorar e que aos 23 anos tem potencial para se consolidar na Europa. O clube acabou na décima terceira posição do grupo A (6 vitórias e 20 derrotas).

Foto: Unicaja CB

No grupo B, o Unicaja terminou em oitavo (14 vitórias e 12 derrotas). Na partida final da temporada, o clube bateu o Pozuelo por 67-48, com 9 pontos, 5 assistências e 5 recuperações de Débora. A armadora aguardada pelo Sampaio Basquete somou médias de 8,9 pontos, 2,8 assistências e 2,7 recuperações por jogo em um total de onze jogos.

Foto: Melilla Sport Capital CD La Salle

Na nona posição ficou o Mellila (12 vitórias e 14 derrotas), que perdeu o jogo final para o Real Canoe (66-75), com 18 pontos, 5 rebotes e 2 assistências de Alana. Como o time encaixou uma sequência de sete vitórias na fase final da competição, o clube trabalha para manter sua base para a próxima temporada. A armadora, que reforçará o Ituano Basquete na LBF,  registrou médias de 14 pontos e 3,5 assistências por jogo num total de vinte e seis jogos da temporada.

Foto: N.B.F. Castelló

O Fustecma Nou terminou  em décimo segundo, com 10 vitórias e 16 derrotas. O clube perdeu sua última partida para o Lázarus (80-85), apesar dos 12 pontos, 5 assistências e 4 rebotes da ala Izabella Sangalli. Contratada para ajudar na (bem sucedida) missão de salvar o clube do rebaixamento, Sangalli mostrou polivalência, com médias de 10,6 pontos, 7,7 rebotes, 3,1 assistências e 2,7 recuperações em dez jogos. A lateral é mais um reforço do Ituano.

Em Portugal, a temporada regular também chegou ao fim nesse fim de semana.

O Galitos, de Aruzha, e o Olivais, de Milena, ficaram respectivamente na nona e na décima posição, se salvando do rebaixamento.

A armadora Aruzha registrou médias de 12,6 pontos e 3,2 assistências por jogo.

A pivô Milena somou médias de 4 pontos e 5 rebotes.

Até o momento as duas não foram anunciadas por nenhuma equipe da LBF.

As demais brasileiras seguem na disputa dos play-offs.

O União Sportiva fechou a temporada regular com uma vitória sobre o Vagos (61-75), com 4 pontos e 6 rebotes de Gabriela Guimarães. O clube terminou na liderança do torneio, com 18 vitórias em 22 jogos e enfrentará o Guifões nos play-offs.

Foto: Basquetebol FPB

Com 16 vitórias, o Quinta dos Lombos terminou na terceira colocação. Na rodada final, o clube bateu o Olivais (73-45), com 15 rebotes, 5 assistências e 4 pontos de Raphaella Monteiro. A série será contra o Madeira, clube em crescimento na competição.

Foto: Basquetebol FPB

Na quarta colocação terminou o Vitória, que somou 15 vitórias. No último jogo, o clube perdeu para o Guifões (78-68), com 17 pontos de Tati Pacheco e contando ainda com o retorno de Bárbara (3 pontos).

O clube fará o duelo das brasileiras no play-off contra o Barreiro, quinto colocado e também com 15 vitórias.

Na rodada final, o clube bateu o rebaixado CPN (66-37), com 10 pontos e 8 rebotes de Jennifer Nonato. Aline Moura não jogou por uma lesão na rodada anterior.

por Bert – Painel LBF

(30 de março de 2021)





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO