LBF

VERA CRUZ E SAMPAIO RECEBEM CONVITE PARA A DISPUTA DA LIGA SUL-AMERICANA

A última edição da Liga Sul-Americana de Clubes Femininos de Basquete aconteceu em 2015 e teve a equipe de Americana (SP) como campeã do torneio.

Depois desse longo período de inatividade, os clubes foram surpreendidos com um comunicado da Confederação Sul-Americana de Basquete (Consubasquet) nesse mês de abril informando a realização da edição 2019 do torneio já no próximo mês de maio.

As informações foram trazidas com exclusividade pelo jornalista Emanuel Niel do site argentino Pick and Roll.

A realização do campeonato faz parte de algumas mudanças do calendário que a nova diretoria da Consubasquet promoveu para incentivar o basquete feminino na região. Além da Liga, o paraguaio Marcelo Bedoya (que assumiu a entidade em 09 de março) anunciou ainda que nos anos pares será disputado o Sul-Americano de Seleções Sub-19 e nos anos ímpares, o Sub-21, que inicialmente teria sede no Brasil.

Em relação à Liga Sul-Americana a programação é de uma fase inicial com duas sedes.

A primeira sede será em Santiago del Estero (Argentina), entre 16 a 18 de maio, com o Quimsa (equipe que fez o jogo-desafio de abertura da LBF 2018 contra o Vera Cruz) recebendo o também argentino Berazategui, o boliviano Tenis La Paz e o colombiano Club Copacabana de Antioquia, que substitui o uruguaio Malvin, convidado inicial.

O segundo grupo jogaria entre 23 e 25 de maio na altitude de Riobamba (Equador) num confronto entre os últimos finalistas das Ligas Brasileira (Vera Cruz Campinas e Sampaio Basquete) e Equatoriana (Lums e Leones).

Nessas duas sedes, os times se enfrentariam em três dias consecutivos, com classificação dos dois melhores.

Os quatro classificados jogariam o Final Four (sem sede definida) entre 30 de maio e 01 de julho.

por Bert