Base

OS CAMINHOS DA SELEÇÃO SUB-18 FEMININA DE BASQUETE

A seleção feminina de basquete sub-18 foi convocada no último dia 11 de janeiro pelo técnico João Camargo. O técnico de Blumenau na Liga de Basquete Feminino (LBF) terá como assistente Virgil Lopez, recém-confirmado como comandante do Sampaio Basquete na próxima LBF. Ambos são assistentes de José Neto na seleção adulta.

O grupo de quinze atletas inicia os treinos na próxima segunda-feira (18), em Araraquara (SP), e embarca para a diaputa da Copa América da categoria no dia 31. A competição será em Calí, na Colômbia, entre 3 a 7 de fevereiro. A disputa será no formato de um hexagonal simples entre Brasil, Argentina, Colômbia, Porto Rico, República Dominicana e México. Os dois melhores classificados conquistam vaga para o Mundial Sub-19, previsto para Debrecen, Hungria, entre 7 a 15 de agosto desse ano. As seleções americana e canadense foram dispensadas da disputa regional e já estão confirmadas no Mundial,

Entre as quinze convocadas, apenas Vitória Santana já disputou partidas da LBF (Santo André 2018-2019). Outras estiveram em ação no último Campeonato Paulista Adulto, como Stephany e Ana Paula Dias (Santo André/APABA), Beatriz Aneas e Bianca Soares (SESI Araraquara) e as irmãs Maísa e Maiara Dias (APAGEBASK/Guarulhos).

A trajetória de uma das selecionadas, a ala Allanis Delboni (18 anos), é bastante representativa dos desafios na formação de uma atleta no Brasil.

Allanis começou a carreira em um projeto chamado DNA Basquete, em São Paulo, aos 9 anos de idade. Foi companheira da armadora Lays da Silva (Santo André e seleção brasileira) e da ala Milena Rodrigues (Pró-Esporte/Sorocaba). Essas duas jogadoras, segundo Allanis, foram as pessoas que a incentivaram e não a deixaram desistir. Após o projeto conseguir bons resultados, houve uma parceria com o São Bernardo do Campo/Projeto na Cesta, clube no qual a ala se profissionalizou e ficou até 2018. Em 2019, a jogadora passou um período no Centro Olímpico, com a técnica Vânia Paulette. Em 2020, a jogadora ficou sem clube. Apenas três clubes disputaram o Campeonato Paulista Sub-19 no último ano.

Por questões pessoais, Allanis se mudou para Foz do Iguaçu (PR). Após um treino com o técnico Claudio Lisboa, a jogadora acabou se juntando à equipe do ABASFI/Basquete Foz do Iguaçu e agora recebe sua primeira convocação oficial para a seleção brasileira.

Eufórica com a notícia, a jogadora reforça a necessidade de um maior investimento na base do basquete feminino, mas não deixa de cultivar seus sonhos.

“Apesar de por muito tempo o basquete feminino ter sido deixado de lado, com a vitória no Pan em 2019, a modalidade voltou a ter mais visibilidade. Times masculinos estão começando a investir no feminino. Apesar disso, ainda falta um grande investimento na base. Somos muito carentes de times, projetos e até estrutura para que possamos ter um crescimento maior. Mesmocom pouco recursos, ainda existem pessoas que fazem o seu melhor para conseguirmos jogar e são elas que fazem toda a diferença no cenário do basquete feminino.”

“Me imagino futuramente competindo em alto rendimento até onde meu corpo permitir. Quero muito ainda passar pela Europa. O meu maior sonho com certeza é ir para uma Olimpíada e ganhar uma medalha.”

As convocadas são:

ARMADORAS

Beatriz Aneas – Sesi Araraquara
Ana Paula de Oliveira Dias – Santo André/APABA

ALAS/ARMADORAS

Bianca Darrigo Soares – Sesi Araraquara
Stephany Gonçalves – Santo André/APABA
Vitória Moura Santana – ADC Bradesco
Letícia Rechembak – SACT/FME Criciúma

ALAS

Allanis Delboni – ABASFI/Basquete Foz do Iguaçu
Geovana Thaina Neves de Oliveira – São José Desportivo
Maísa Pereira Dias – APAGEBASK/Guarulhos
Raiane Dias dos santos – ADC/Bradesco

ALA/PIVÔ

Maiara Pereira Dias – APAGEBASK/Guarulhos

PIVÔS

Gabriellem Edna de Paula – FR/SEMLP Pindamonhangaba
Rhayssa Jhennyfer Braz – ADC Bradesco
Ana Luiza Paulino – Basquete Jaraguá
Adrielly Francisco de Oliveira – Sodiê Doces/LSB RJ

COMISSÃO TÉCNICA

João Almeida Camargo Neto – Técnico
Adriana dos Santos Lopez – Gerente técnica
Virgil Lopez – Assistente técnico
Bruna Heloísa Rodrigues – Assistente técnica
Ariane Lopes dos Santos – Fisioterapeuta
Sanna Roque Pinheiro – Médica
Rafael Bernardelli – Preparador físico

por Bert (Painel LBF)

16 de janeiro de 2021





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO