Europa

OS PRÓXIMOS PASSOS DE ÉRIKA NA ESPANHA

Foto: Jairis

A Espanha alterou o formato de suas ligas femininas para essa temporada.

Depois de um número recorde de equipes participantes da Segunda Divisão na temporada passada (42 divididas em três grupos), a Federação Espanhola decidiu criar uma liga intermediária entre a Primeira Divisão (LF Endesa) e a Segunda Divisão (LF2): a LF Challenge.

A temporada inicial da LF Challenge contará com 16 equipes: as duas equipes rebaixadas da LF Endesa, as dez equipes classificadas para fase final da LF2, os três clubes classificados na quinta posição e, por fim, o sexto colocado com melhor campanha.

A competição contará com turno e returno. Ao fim de seus trinta jogos nessa etapa, a equipe melhor classificada já ganha acesso à LF Endesa.

A segunda vaga será disputada pelos classificados entre a segunda e nona posição, a começar pela participação em um play-off de quartas-de-final.

Décimo quinto e décimo sexto colocado descem para a LF2.

Até o momento uma brasileira é o principal nome da LF Challenge. Dona de bastante prestígio na Espanha e atualmente atleta do Ituano Basquete na Liga de Basquete Feminino (LBF), a pivô Érika de Souza já se comprometeu com o CB Jairis, da cidade de Murcia.

Érika é considerada a jogadora estrangeira mais importante da história da Liga Espanhola. É a maior reboteira da competição, tem a maior marca de tocos e está entre as cinco maiores cestinhas do torneio. Soma oito títulos da Copa da Rainha, competição da qual foi MVP por duas vezes.

Na apresentação da brasileira, que aconteceu na semana passada, o presidente do clube apresentou a pivô como “a Pau Gasol do basquete feminino”. Na ocasião, o clube comemorou ainda o fato de a equipe feminina passar a receber para essa temporada o mesmo patrocinador do time masculino que disputa a LEB Plata.

O Jairis esteve entre os líderes do grupo B da LF2 na temporada passada e disputou a fase final da competição, mas não garantiu o acesso. Os principais nomes da temporada foram a local Marta Tudanca e a americana Starr Breedlove.

Até o momento, Érika é o único nome anunciado para a temporada 2022/2022. A competição começa no dia 25 de setembro.

A LF2 começa em 09 de outubro e terá 28 equipes divididas em dois grupos. Até o momento a competição tem apenas uma brasileira confirmada: a armadora Alana Gonçalo, companheira de Érika no Ituano, que retorna ao Melilla após a LBF.

por Bert – Painel LBF

(14 de julho de 2021)

 





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO