LBF

LSB E BLUMENAU INCENDEIAM PLAYOFFS DA LBF

A primeira rodada dos playoffs de quartas-de-final da Liga de Basquete Feminino (LBF) ofertou o que a temporada regular teve de sobra: equilíbrio.

Em dois confrontos, a escrita foi mantida e os líderes da fase classificatória alcançaram a terceira vitória na temporada sobre os adversários.

Ainda assim nem o líder Ituano Basquete (82 x 89 sobre o AEC/Tietê Agroindustrial/BAX Catanduva, oitavo colocado) nem o terceiro colocado Sampaio Basquete (65 x 76 sobre Santo André/Apaba, sexto) tiveram vida fácil.

Nos outros dois jogos, as equipes em desvantagem abriram a série com vitórias em casa, o que as coloca na expectativa de uma vitória na casa dos adversários para chegar às semifinais da LBF.

Primeiro foi a Sodiê Doces/Mesquita/LSB, que no dia 17 jogando em Mesquita  resgatou a sua melhor intensidade para desbancar o favoritismo do Vera Cruz Campinas (80 x 69). A equipe carioca soube explorar de maneira brilhante as falhas do adversário, contendo o jogo interno e colocando Thayná para decidir sobre marcadoras mais lentas ou frágeis. A MVP da partida sapecou à queima-roupa 33 pontos e contou com o apoio da dupla Marquita & Mayara (13 e 14 pontos, respectivamente).

No dia 19, foi a vez de o KTO/Blumenau fazer história contra o SESI Araraquara (83 x 78). Marcando agressivamente a dupla Tainá & Nany, a equipe catarinense abriu uma vantagem que chegou aos 17 pontos. Na segunda metade, o SESI Araraquara, que foi dominado nos rebotes ( 34 x 24), ainda perdeu a pivô Juliana após uma queda em quadra. O time paulista chegou a beliscar uma reação através da força de Tainá e Nany, autoras de 51 dos 78 pontos da equipe. Mas prevaleceu a homogeneidade de Blumenau, que teve cinco atletas pontuando em dois dígitos: Mariana (17), Cacá (16), Kawanni (13), Luana (12) e Vitória (10). Blumenau teve ainda um ótimo aproveitamento nas bolas de três pontos: 48%.

Os próximos confrontos prometem ser incendiários.

A segunda rodada começa no dia 22.

por Bert – Painel LBF

(20 de julho de 2021)





APOIADORES VIA LEI DE INCENTIVO